Quarto de casal em 12 passos

Primeiro um pouco de teoria. A partir dos anos 90, alguns ambientes da casa sofreram mudanças importantes de função e de estrutura.  Estas mudanças se devem, em grande parte, a um fenômeno chamado em inglês cocooning ( cocoon = casulo, em inglês ). É o seguinte: com o aumento do stress urbano, do trânsito nas cidades, da violência ( em especial no Brasil ) e o desenvolvimento acelerado da tecnologia, as pessoas começaram basicamente a ficar mais em casa.

Este movimento de “ficar mais em casa”  começou a gerar algumas mudanças de comportamento, que geraram tendências arquitetônicas e decorativas. A residência está ganhando cada vez mais características de resort, com amenidades e ítens de lazer que possibilitem novas opções de interação social no conforto de casa.

A cozinha, por exemplo,  que antes era renegada a um canto fechado e era só “da empregada”, virou novamente o ponto focal da vida social da casa, como era nos tempos primitivos, em que havia uma fogueira aquecendo as pessoas no centro da casa e todo mundo se reunia em volta dela. As áreas de lazer se desenvolveram e hoje, até em apartamentos pequenos, vemos churrasqueiras na varanda e “espaços gourmets”, que já viraram padrão nos lançamentos imobiliários. Home Theaters viraram centros de ostentação tecnológica.

E, principalmente, as plantas estão todas integradas, sem divisões que atrapalhem o convívio social.

Mas nosso papo hoje é sobre o quarto de casal. Quer dizer, não chama mais “quarto de casal”, agora chama “Suite Master” .

Figura 1 – As suites master estão cada vez mais espaçosas e complexas

Há 30 anos atrás, o quarto de casal não era muito diferente dos outros quartos da casa. No máximo tinha o diferencial de ser uma suite, mas geralmente era um espaço bem simples e não era prioridade dos arquitetos fazer algo enorme e diferente. Hoje, como estamos nos “encasulando” e ficando mais tempo dentro de casa, a suite master está ficando cada vez mais complexa, tem hoje a função de ser um ninho de conforto e privacidade. Com a tendência de integração total na planta das casas e apartamentos, o casal precisa de um lugar mais legal para ficar sozinho, o casal precisa ter seu santuário. Mesmo que seja pra ficar cada um no seu ipad na cama….quem nunca fez isso que atire a primeira pedra!

Quartos enormes, com dois banheiros, dois closets, área de home office, spa, canto de leitura, lareira, os lançamentos de prédios e condomínios fazem uma guerra para ver quem cria uma suite master mais completa. Mas, mesmo se você mora numa casa antiga, você pode atualizar sua decoração e deixar seu quarto com cara de novo.

Vamos por partes:

  1. A Infra: primeiro você precisa decidir se vai haver algum quebra-quebra. Estude a planta estrutural da casa ou prédio e decida se vale a pena aumentar ou adicionar um ambiente. Tenha em mente sempre a valorização que uma planta “atual” traz à sua casa.

Aliás, falando em “Infra” , se for para aguentar sujeira de obra, invista, sem piscar, em rebaixar o forro com gesso. Custa uns 45 reais o metro quadrado e possibilita praticamente infinitas opções de iluminação. Inclusive com a possibilidade de sair mais barato, já que as luminárias embutidas são bem mais baratas que as de sobrepor.Iluminação é a alma da decoração, só isso.

Se quiser aproveitar mais ainda junte ao forro de gesso uma bela moldura reta. Dá aconchego extra. Ou um nicho de gesso iluminado.

Figura 2 – cabeceira com nichos de gesso iluminados

Mais: veja se quer colocar ar condicionado ou trocar aquele velho caixote feio por um split mais moderno, menor e mais discreto.

Figura 3 – vejam que ideia ótima, o tijolinho rústico com a decoração bem moderna. Lindo contraste de cores também. Ideia interessante caso vá haver quebra quebra de qualquer jeito.

Piso: se for mudar, escolher uma madeira, natural ou laminada, ou um carpete moderno e fofinho. Piso frio, em quarto, pra mim, só na praia.

2. Depois da Infra, vamos ao programa. Ou seja: de que você precisa? A principal personagem do quarto é a cama. Que tamanho? Cabe king? Ou vai deixar o quarto apertado?

Escolhido o tamanho da cama, ela vai ser tipo box ou de madeira? A cama box é mais gostosa e possibilita mais opções de cabeceira solta. Já a de madeira pode ter armazenagem em gavetões embaixo, além do que pode ser de estilo. Nada mais lindo que um quarto moderno com uma cama vintage, de palhinha ou de madeira torneada, ou rústica, contrastado com uma base bem clean.

Figura 4 – cabeceira de madeira mais rústica, com canaleta para quadros.

A cabeceira da cama, se você escolheu as de tipo “box”, depende muito do seu gosto. Estão na moda cabeceiras estofadas que “dão a volta” , envolvem, muito aconchegantes. Ou você pode fazer um painel de madeira de fora a fora ou alto, até o teto, e revestir de tecido ou couro. Eu adoro cabeceiras estofadas porque amo ler na cama, então sou suspeita.

Figura 5 – esta cabeceira/base de cama foi uma das peças de maior sucesso da casa cor SP deste ano, vários clientes do escritório comentaram.Note que, apesar da modulação geométrica dela, a composição com o papel listado não cansa.

Outra tendência são as cabeceiras com trabalhos em forma de nichos de madeira ou gesso, iluminados, ou com papel de parede no fundo, que já servem como suporte de objetos.

Figura 6 – Nicho de gesso/madeira serve como apoio a objetos e decora

Onde colocar a cama? A parede da cabeceira da cama é a que todo mundo vê primeiro.

Muita gente gosta de ficar olhando quem entra no quarto, e coloca a cama de frente para a porta. Muita gente não gosta da cama encostada na parede hidráulica do banheiro (especialmente a turma do Feng Shui). Aliás, falando em Feng Shui, energias e afins, segundo os especialistas, prateleira em cima da cama “cortando” a gente nem pensar.

Muita gente também faz questão de ter TV no quarto, e a cama tem que ficar de frente para ela.

Bem, escolhido o ponto da cama, vamos ver o que mais cabe.

3. Marcenaria. Se você tem closet separado já é meio caminho andado. Se não tem ou tem, mas é pequeno, separe uma área para armazenagem adicional, nem que seja uma cômoda/sapateira abaixo do painel da tv.

Se vai querer um mini home-office no quarto, hora de projetar também. Bem leve e sem cara de escritório.

Mini-biblioteca? Suporte para fotos? Paineis variados? Lambris? Existem várias possibilidades de uso inteligente de marcenaria para deixar um quarto mais charmoso. E como estamos na fase da laca colorida, se a quantidade de madeira cansar, é só usar cor.

Figura 7  – belo exemplo de home office no quarto

4. TV. 99% dos casais quer tv no quarto. Onde colocar? Painel na frente da cama. De madeira? Laqueado branco ? Colorido? Se não houver espaço para um nicho que suporte a caixa da tv a cabo, dá para instalar um repetidor no teto, pra onde você aponta o controle, e a caixinha em si fica na mesa de cabeceira.

Opções super 2012: vidro com a TV embutida, se necessário em uma das portas do armário – o “must” da casa cor este ano. Todos os clientes que viram, pediram!

E Tv suspensa no tubo de inox – vira 360 graus e fica leve. Bom para quartos com vidrão, onde falta parede para a TV.

Figura 8 – ponto da tv bem escolhido, e o detalhe da bancada que dá a volta é muito bem bolado

Figura 9  – TV atrás do vidro. 10 entre 10 clientes estão pedindo este ano!

5. Decoração: quem vai ser a estrela?

Você tem que escolher quem vai gritar e quem vai falar baixinho. Primeiro: escolha um elemento estampado.( Pode também ser listado).  Vai ser o papel de parede? Vai ser a colcha? Vai ser uma poltrona? Há algum elemento de design mais chamativo, que mereça mais atenção?

Figura 10 – o papel é o ponto focal, claramente, mas repare como o criado clássico fica harmonioso ao lado da poltrona rústica. Projeto nosso, mas a cliente foi a idealizadora desta mistura, crédito totalmente dela!

Figura 11 – inusitado painel de demolição no quarto

6. Tinta. Escolhido o ponto que vai ser estampado, vamos escolher um dos tons da estampa, rebaixá-lo e traduzi-lo num código de tinta, bem confortável e suave. Não adianta. Quarto de casal eu gosto fendi, cru, café com leite, verdinho, azul acinzentado bem clarinho (minha última paixão), off-white, qualquer coisa beeem suave. Teto, rodapé, molduras, tudo branco fosco. Sempre.

Figura 12 – a poltrona rosa traz um detalhe inusitado e faz toda a diferença. Quando cansar da cor, é só trocar!

7. Categoria tecidos: comprar almofadas fazendo um composê, e pode ousar um pouco mais na cor se quiser.  Cortinas de tecido, em cor neutra, dão o complemento e emolduram a janela. Colchas e capas de travesseiros completam a composição. Tapete fofinho se for o caso.

8. Escolher algum lugar para colocar um espelho, é sempre bom ter um espelho, de preferência de corpo inteiro. Pode ser na parede ou pode ser uma porta inteira. Pode ter moldura classiquinha ou rústica, se estiver faltando calor.

Figura 13 – espelhos e espelhos!

9. Criados mudos. Pode ser parzinho, de estilo mais clássico, ou bem diferentes um do outro, mais modernos. Se um for cheio de gavetinhas e o outro, só uma prateleira, o da mulher é sempre o com mais armazenagem ( óbvio! ). Está usando demais criado mudo de espelho ( daí o espelho do ítem anterior cai fora, senão vira motel ), ou quartos bem modernos com mini cômodas estilo vintage, ou mais rústico. Só tomar cuidado porque as empresas de móveis planejados estão viciadas em projetar paineis de cama de ponta a ponta com micro criados mudos embutidos, e muitas vezes tenho visto eles muito mixurucas. Pode ser pequeno, mas sempre com um desenho legal.

Figura 14 – lindo quarto. Créditos para a autora Debora Aguiar

10.  Iluminação. Agora sim.

Embora eu seja fã numero 1 de luz embutida, o quarto tem que ter um ponto central, só embutido nem pensar, fica frio. Escolher um plafon ( aqueles presos no teto, de tecido, madeira, acrílico…) ou pendente e instalar centralizado na cama. Pedir para o eletricista reservar um circuito só para ele, pra ser a luz “geral”. ( Traduzindo: circuito só pra ele = botão só pra ele no interruptor ). Depois: luz de leitura. Está na moda colocar pendente na lateral da cama. Show, a menos que vá brigar com o central ( caso seja pendente também). Caso contrário, abajur ou spots embutidos sobre os travesseiros.

Feito isso, distribuir a iluminação embutida de modo a valorizar cada ítem de decoração que mereça ser valorizado. É melhor deixar os tipos de lâmpada dos embutidos para um luminotécnico escolher. Nada muito complexo, é só ir numa loja legal e levar a planta. (Não esquecer de medir o pé-direito e anotar no desenho). Sempre tem um técnico de plantão nas melhores lojas.

Figura 15 – cadeira charmosa

11. É uma delícia ter mais possibilidade de lugar para sentar no quarto. Poltrona, pufe no pé da cama, sofá, ou mesmo uma cadeira num cantinho, de preferencia num material que esquente, um couro, uma camurça, um linho. Para calçar o sapato ou conversar. Pode ser estampado, listado ou ter uma corzinha, se é que já não há cor suficiente depois de tantos itens!

Figura 16 – combina descombinando! As plantas dão a cor, boa ideia.

12. Dê um passo para trás e veja se o quarto não está “frio”. Tudo muito moderno geralmente fica frio. Mescle algo antiguinho ou rústico se for o caso.

Figura 17– momento “menos é mais”. Simples e bonito.

O toque final é a história de vocês. Livros, fotos, flores, a casa é para ser usada!

p.s.  as fotos, a não ser as de projetos nossos, foram tiradas em mostras de decoração ou pesquisadas no Google, nos sites da Casa Cor, Casa Claudia, Casa e Jardim, Assim eu gosto e alguns internacionais. Não tenho o nome dos autores de todos para dar os devidos créditos mas, se alguém quiser ter o nome citado ou tiver algo a comentar, favor me contatar em paula@paulapossas.com.br

Previous Post
Leave a comment

8 Comments

  1. SELMA MELLO

     /  4 de abril de 2013

    BOA TARDE QUERIA TER UMA OPINIÃO SOBRE A CABECEIRA DA CAMA SE FICA LEGAL COLOCA-LA EMBAIXO DA JANELA MESMO PASSANDO UNS 20 CM SOBRE ELA, SÓ ASSIM PODEREI LIBERAR A PAREDE QUE FICA DE FRENTE COM A CAMA P/ COLOCAR A TV. AGUARDO A OPINIÃO DE VOCÊS. OBRIGADO

    Responder
  2. evani

     /  9 de maio de 2013

    eu gostei muito deste painel de madeira , mais nao.deu para mim ver os detalhes dos criados. estou enteressada em comprar um e ver detalhes deste painel.

    Responder
  3. Kelly

     /  15 de maio de 2013

    Adorei esse post! Super útil!

    Responder
  4. adorei o criado mudo o quarto esta lindo adoraria ter um quarto desse na minha casa …….a foto numero 14

    Responder
  5. adorei esse post! super util!

    Responder
  6. Lunara Martins

     /  31 de março de 2014

    Arquitetura maravilhosa. Enforma-me os valores por gentileza.

    Responder
    • Olá Lunara,
      tudo bem?
      Nosso trabalho é personalizado, por isso não temos um valor padrão para o projeto.
      Se quiser me mande um email contando o que você precisa e teremos o maior prazer em te atender.
      Beijos!

      Responder
  7. Cenir

     /  29 de julho de 2015

    Boa tarde
    Gostaria de saber onde comprar as camas das fotos principalmente da figura 11seria possível me informar?

    Sem mais

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>